Iguatemi

Iguatemi

sábado, 24 de novembro de 2012

Um sábado proveitoso e de muito estudo na casa espírita



A minha tarde deste sábado foi dedicada ao estudo da homossexualidade, em seminário realizado no Centro Espírita Semente Cristã. Durante quatro horas, conversamos sobre as questões que envolvem a homossexualidade, o sexo, a postura da família e da sociedade e de forma mais direcionada aos trabalhadores da casa espírita, a postura do centro espírita ante a homossexualidade.

A doutrina espírita dispõe de excelentes livros que tratam da questão homossexual, que precisam ser estudados e discutidos em nossas casas. 

O espírito André Luiz, psicografou através do médium Chico Xavier a obra ‘No Mundo Maior’ no ano de 1947, em que afirma: “A incompreensão humana dessa matéria equivale à silenciosa guerra de extermínio e de perturbação, que ultrapassa de muito, a epidemia de bubões, no século VI de nossa era, que eliminou cinqüenta milhões de pessoas na Europa e na Ásia. Pois esse número expressivo constitui bagatelas, comparado com os milhões de almas que as angústias do sexo dilaceram todos os dias”.

Emmanuel, respondendo aos questionamentos endereçados à espiritualidade a respeito do sexo, psicografa no ano de 1970 a obra ‘Vida e Sexo’, através do médium Chico Xavier, com informações esclarecedoras acerca da questão da homossexualidade. 

Mais recentemente, o médico homeopata, AME de Minas Gerais, Andrei Moreira, lançou o livro ‘Homossexualidade Sob a Ótica do Espírito Imortal’, excelente material de estudo e pesquisa para o movimento espírita. 

Muitas outras obras poderiam ser citadas como material de apoio para questões tão urgentes para a humanidade. Todo esse material está sendo mais que solicitado em nossas casas, no acolhimento aos irmãos que vivem conflitos na área do sexo e seus familiares e que, buscam no espiritismo esclarecimento e consolo. A espiritualidade aguarda o nosso esforço em nos debruçarmos sobre essas obras que já se encontram entre nós há mais de 40 anos.

O espírito Bezerra de Menezes na mensagem "Cristo espera por nós" alerta:

"Vivemos uma hora, espíritas, em que não há lugar para tergiversações. Faz-se-nos indispensável definir tarefas e afogar-nos na tarefa do bem. Cristo espera por nós"!
"O espiritismo, no seu segundo século, chama-se ― ação".
"Esta é a religião, cujo nome foi dado por Jesus. O Consolador, não o esqueçamos".
  


Nenhum comentário:

Postar um comentário