Iguatemi

Iguatemi

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Milenar Construção


É imprescindível que o homem não esqueça que ele é uma construção em andamento...Alguns ainda se encontram lançando os alicerces de si mesmo, outros já levantam paredes; alguns trabalham respaldando essa figurada edificação espiritual, raros já estão, digamos, na fase do acabamento...

Sem dúvida, o homem pode ser comparado, em seus anseios espirituais, à construção de uma casa... É indispensável que ele persevere, a cada dia acrescentando um tijolo a si mesmo, conforme o desenho do Projetista Divino que é Jesus.

O homem que não se levanta, segundo os parâmetros do Evangelho, assemelha-se à casa erguida sobre a areia... Essa construção, à qual simbolicamente nos referimos, é uma construção cotidiana, no entanto são muitos os que abandonam a si mesmo; poderemos vê-los na condição daquelas casas semiconstruídas, edificações que foram abandonadas pelos empreiteiros: em torno, cresce o mato, passando a ser depredada pelos vândalos...

Ninguém despreze ou desista de si mesmo, ninguém se sinta um projeto frustrado, ninguem desanime ou se entregue ao fracasso; cada dia é importante. A construção das pirâmides consumiu séculos e séculos, a edificação da muralha da China exigiu decênios de continuados esforços; a formação da Terra foi trabalho dos milênios...O espírito é mais importante do que qualquer orbe planetário, do que magnífico monumento chinês, do que a arquitetura egípcia...O espírito há de consumir um templo indefinido, todavia é importante que o interessado em sua própria edificação espiritual não se entregue ao desalento. Que se preocupe, a cada instante, em acrescentar algo a si mesmo; uma corrigenda aqui, outra ali; um pensamento que se assimila, uma idéia de que se desfaz; sentimentos que se transformam; conhecimentos novos que se adquirem...É assim que, seguindo o Projetista Divino, Mestre de Amor e de Sabedoria, o homem vai se levantando para Deus, vai se aperfeiçoando e se engrandecendo!

As oportunidades estão à sua própria volta...De onde o homem tira material para construir um edifício?! Da própria Terra!...O edifício é uma estrutura que se levanta a partir das entranhas da própria Terra...O espírito é uma luz que se alteia e resplandece a partir do próprio homem! Ao seu derredor, o homem encontra os elementos imprescindíveis à sua edificação. Esses materiais estão dentro de casa: são os seus familiares; nas ruas, são os estranhos...
Que Jesus nos possibilite entender que, na milenar construção de nós mesmos, somos, ao mesmo tempo, o pedreiro e o servente da obra em andamento!...


(Livro Mediunidade,Corpo e Alma/ Irmão José/ Carlos A. Bacelli)



Nenhum comentário:

Postar um comentário